Alfabetização

As crianças se aproximam do momento da alfabetização e as expectativas crescem. Pais e mães são tomados por uma espécie de ansiedade de ver os pequenos lendo logo, ensinam musiquinhas com o abecedário, aproveitam todas as chances para nomear as letras e compram dezenas de brinquedos educativos estampados com letras e números.
No entanto nos esquecemos de que, antes de ensinar as letras e seus nomes, é preciso apresentar os sons que essas letras representam e que há uma série de propostas a serem feitas para preparar as crianças para a alfabetização.
Estudos mostram que o sucesso na escola é fortemente influenciado por esse trabalho prévio de promoção de uma literacia emergente, realizado em casa pelos pais, avós ou outros responsáveis, ou seja, pelos primeiros professores das crianças.

Segue algumas sugestões de como proceder nesse período:
1 – Antes de aprender a ler, a criança precisa perceber que as palavras impressas em um livro, a receita que sua mãe anota no caderno, os dizeres nos letreiros, outdoors, panfletos e revistas, tudo isso são representações da linguagem oral, linguagem com a qual elas têm mais familiaridade, pois é predominantemente através dela que se expressam. Assim, elas percebem que a escrita é útil, presta-se à comunicação e começam a se interessar por ela.
2 – A consciência do impresso é saber como a leitura de um livro “funciona”: como manuseá-lo corretamente, não o segurando de cabeça para baixo, localizando capa, orelhas, distinguindo início e fim em cada página, sabendo que a leitura se faz de cima para baixo e da esquerda para a direita; aprendendo, enfim, as regras básicas que regem a direcionalidade da leitura e da escrita nas línguas ocidentais.
3 – Seus filhos também serão capazes de perceber que, num livro ilustrado, as ilustrações reforçam o que o texto comunica e “ajudam” as palavras a contar uma história.
4 – Aponte para algumas palavras, leia-as em voz alta e incentive-o a dizê-las em voz alta. Isso o ajudará a entender que você está lendo aquelas palavras no livro, não apenas contando uma historinha com base nas ilustrações. Ler um mesmo livro várias vezes também auxilia nisso.

Daniela Biancoline – Professora Infantil 5